sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Teste da auto escola – o retorno.

Eu não sei porque eu tenho TANTO terror com teste de auto escola!!!!
No Brasil, há uns 500 anos eu passei na boa no teste teorico… dai no pratico eu empaquei… dai começou a saga! Depois de 15 mil tentativas ``tirei`` a carta… 
Nunca tive medo de dirigir, pelo contrario, eu AMO dirigir sozinha, deve ser por isso, deve ter a ver com o lance de ser avaliada, julgada…. Me irrita!
Bom, aqui em Montreal minha carta do Brasil só valeu por 6 meses, dai tivemos que fazer o teste teórico e pratico novamente…
As leis aqui são bem diferentes de SP, bom… analisando melhor, não são tao diferentes, a diferença é que aqui a gente é obrigado a obedecer as leis!!!!! São MUITOS detalhes!!!
Na prova teórica (são 3 provas!) eu passei nas duas primeiras de prima, dai na terceira…. ah!
Foram muitas, mas muitas tentativas mesmo! Eu perdi a conta de quantas vezes eu fiz… você tem que avaliar os riscos nos deseinhos… riscos completamente sem NENHUM sentido! Por exemplo, numa cena onde o carro esta parado no farol, um cachorro se soltou da coleira, uma criança esta de mãos dadas com a mãe na calçada, tem um carro parado atrás do seu, e no muro da rua um outdoor. Você precisa numerar quais os riscos mais importantes! Cada vez o risco era um, o dia que o risco era o outdoor eu quis quebrar o computador da prova! Juro! Enfim… um dia eu consegui passar no teste!
Ainda faltava o pior, o teste pratico.
Depois de muito me preparar psicologicamente rsrsrs, resolvi enfrentar o monstro, afinal, eu PRECISAVA ter minha permissao… eu já dirigia há quase 10 anos, tenha santa paciência!
O Le e a maioria dos nossos amigos fizeram aula com um chines-coreano e a prova em Longueuil, uma cidade aqui no sul de Montreal, todos disseram que la era mais tranquilo e todos se deram bem com as aulas do china….
Mas eu achei o contato de uma brasileira, um anjo de pessoa, e pensei, uai, bora tentar!
Eu fiz uma aula com ela, ela me explicou TODAS as dicas com toda a paciência do mundo, e gente, são MUITOS detalhes, a maneira de dirigir aqui não tem NADA a ver com o jeito que dirigimos no Brasil, muito menos na louca SP! Ela disse que pra quem estava há um ano e meio sem pegar no volante eu tinha ido muito bem…. Eu me senti segura, mas ao mesmo tempo achava que uma única aula não daria conta pra me preparar para o teste, mas…
Como eu sou afobada, já tinha marcado o teste aqui em Montreal... resolvi fazer a prova, não tinha nada a perder, já tava sem habilitação mesmo!
Bom, o problema foi que eu tive que alugar um carro automático! Não tem carro mecânico para fazer a prova, a aula eu fiz no carro da instrutora, que era também mecânico, eu NUNCA havia dirigido um carro automático na vida! Ok, parece babaca, afinal todo mundo que já dirigiu diz que carro automático é bem mais fácil, e eu concordo, mas acontece que fazer isso a primeira vez no dia do teste não foi legal!
Depois do panico ao saber que faria a prova aprendendo a dirigir um carro automático, eu tinha outro conflito! Meu coração estava quase saindo do peito de tao forte que batia, antes que eu infartasse comecei a tomar meus florais, e como terapeuta sei que o floral age pela energia, se eu estava estressada DEMAIS a tendencia era APAGAR com a entrada de energia dos florais!
O que seria pior, morrer ou dormir? Optei por dormir.
Acabei que não dormi, mas o coração deu uma boa acalmada – soh o coração! – pelo menos de ataque cardíaco eu não ia morrer mais!
Veio o instrutor me chamar… =O
Ele foi absurdamente gentil do começo ao fim, me explicou que ia somente dizer para eu virar esquerda e direita, e que eu tomaria as outras decisões! (eu nao queria tomar decisoes, queria sair dali!) Me deu varias dicas ao entrar no carro, me ensinou a mexer nos espelhos, deu dicas do cambio automático, me mandou olhar todos os pontos cegos, mas cadê que na hora eu me liguei disso??? Hahahaha eu tava aterrorizada!!! Ele me mandou ficar calma e dai começou…
Fiz todo o trajeto, fiquei obcecada com a velocidade que muda a cada quarteirão aqui! Parava por meia hora em cada `stop`, olhei desesperadamente para todos os pontos cegos mil vezes cada um! Na hora que ele mandou fazer a balisa eu perguntei se podia escolher outra vaga – hahahaha -  ele deixou na boa, estacionei numa vaga que cabia um navio maior que o Titanic e mesmo assim dei uma ré tao ridícula que nem eu acreditava que tava fazendo aquilo.
Voltando ao ponto de partida, que é num shopping, a instrutora que me deu aula me disse que tinha que estacionar de ré, só que o instrutor na hora me disse : Tu peux rentrer en face. O que queria dizer : você pode entrar de frente mesmo! Na adrenalina da bagaça eu entendi : tu peux rentrer en ``fesses`` , o que significaria traduzindo literalmente, entrar de bunda, dai minha tradução na hora entendeu que eu tinha que entrar de ré. Eu sei, insano, mas foi o que meu cérebro captou na hora.
Depois de fazer uma manobra animal ele diz : mas eu disse pra vc entrar de FRENTE!!!! Eu me liguei então da catástrofe que eu tava fazendo, e pior, ia ter que `desmanobrar` o carro! Ok, entrei numa vaga micro – o povo aqui para o carro MUITO mal nas vagas – e eu perguntei : posso ajeitar o carro? E ele disse : não, pode por no `parking`, ta bom assim.
Eu só pensei : puts, phod%?&*u.
Dai ele pegou meus papeis – a cada risco que ele fazia enquanto eu tava dirigindo eu panicava – olhou pra mim e disse : bom, você tem agora sua permissão pra dirigir! Eu devo ter olhado pra ele com a cara mais surpresa que ele nunca havia visto na vida! Ele disse : você dirige muito bem, não errou nada, parabéns, pode voltar no guichê e pegar sua carta!
Eu nunca falei tantos ``merci beaucoups`` seguidos na vida!!!!! Eu queria chorar de tanta alegria, ALIVIO, mais uma etapa vencida!
E foi assim mais uma historia pro diário de bordo silvaesilva – Souza e Alves rsrs, diretamente do mundo da Lua, onde tudo pode acontecer!!!!!
PS : eu não dramatizo as coisas não, é que meus acontecimentos são sempre assim intensos mesmo, eu sou aquário!

4 comentários:

  1. Cara somos alma geminas! kkkkk To chorando de rir aqui... me vi em cada linha... kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus, está falando da Amanda? Drica, você é muito aquário! Juro, a frase "quero ser como você quando crescer" cabe demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. auhauhauahau Amandinha, acredita em mim agora???

      Excluir

Vamos lá, dê seu pitaco!